A Tecmóbili usa cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar
em "ok, prosseguir" você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Detalhes

whatsapp tecmobili
Home / Blog

05 golpes em condomínios para se prevenir

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS Escrito por:

Data: 17/06/2021

Durante 2020 vimos centenas de casos de assaltantes se aproveitando de medidas do governo para realizar golpes em condomínios. Saiba como se prevenir para fugir de possíveis ciladas! 

Golpes em condomínio: novos cuidados

Em primeiro lugar, uma das grandes vantagens de quem mora em condomínio é, sem dúvidas, a segurança. 

Ter ciência de que existem procedimentos no condomínio que garantem a segurança implica diretamente na condição de vida do condômino, uma vez que ele se sente seguro no condomínio.

No entanto, durante 2020 diversos casos foram reportados à Polícia Militar. Em Alphaville, por exemplo, golpistas se passam por agentes de saúde para invadir condomínios.

Todavia, tenha uma equipe treinada e engajada para garantir a segurança do condomínio. Afinal, é essa mesma equipe que precisa se sentir segura para prever situações de risco. 

Continue lendo e veja quais são os possíveis golpes em condomínios aplicado por criminosos:

Leia também: Harmonia no condomínio: 5 dicas para ajudar no dia-a-dia

Conheça os principais golpes em condomínios

A princípio, entre os principais golpes em condomínios, os mais comuns são os que envolvem uma falsa entrega e criminosos se passando por prestadores de serviço, entre outras condições. Veja quais são:

Golpe do falso morador

Em primeiro lugar, os assaltantes são articulados e ágeis. Neste caso, o golpista se caracteriza com características marcantes de um morador e, através disso, tenta entrar no fluxo do portão de pedestres sem ser barrado.

Ou seja, os criminosos estudam a comunidade dos condôminos, entendem hábitos, amizades com os funcionários ou arredores.

Por fim, após ter acesso a diversas informações para a invasão, eles tentam se misturar com o público para entrar no condomínio.

Neste caso, o porteiro não deve permitir a entrada mesmo que ele esteja acompanhado de pessoas conhecidas. Barre todas as pessoas quando não tiver certeza se ele é morador.

Na dúvida, olhe sempre para o rosto de dentro da guarita ou pela câmera para evitar situações de risco. Não tenha receio, inclusive, de fazer perguntas para tirar todas as suas dúvidas. 

O falso hóspede ou parente

O telefone toca na portaria do condomínio, na linha, um suposto morador se identifica e informa que parentes vão ficar hospedados em seu apartamento.

Ele passa, inclusive, nomes completos e números de RG (todos falsos) para criar confiança na situação e enganar o porteiro. 

Mas, o que fazer nessa situação? Não aceite liberações por telefone, somente através do aplicativo do condomínio, por interfone ou pessoalmente. 

Todavia, caso o condomínio queira este tipo de liberação, a portaria precisa de um sistema web para conferir se a pessoa é realmente moradora do condomínio. 

Agente de saúde: a falsa avaliação médica do covid-19

Avental, crachá falso e aparelhos médicos: essas são as principais características dos falsos agentes de saúde. A justificativa é clara: avaliar as áreas do condomínio, aplicar vacinas da gripe ou fazer testes para identificar casos positivos da covid-19.

Mas, o que fazer nesta situação? Peça ao síndico para checar junto à Vigilância Sanitária se existe alguma programação disponível. Caso insistam, chame a Polícia Militar (190).

O falso funcionário do correio ou concessionária

Até aqui você deve ter percebido o quanto criminosos são calculistas. Quando o assunto é prestar algum serviço, eles são mais ainda.

Os golpistas estudam todas as características do lugar onde vão atuar. Eles sabem, por exemplo, em que dia ocorre a leitura dos consumos e quais prestadores de serviço passam pelo condomínio. 

Neste caso, eles tentam entrar alguns dias antes e, ao fazê-lo, rendem a portaria para liberar a entrada de comparsas e executar furtos nos apartamentos. 

Na portaria, é importante verificar o crachá do funcionário e em hipótese nenhuma deixá-lo transitar sozinho nas dependências do condomínio. O zelador ou agente de manutenção deve acompanhá-lo. 

Visitante rendido ao chegar a pé

É muito comum que criminosos se aproveitem de visitantes chegando a pé para realizar golpes no condomínio.

Nesse sentido, quando o visitante a pé se aproxima da portaria, ele é rendido por criminosos que fingem o acompanhar para entrar no lugar. Há casos, inclusive, praticados por mais de um criminoso. 

Quando chegam na portaria junto ao visitante – se passando por acompanhantes – muitas vezes o porteiro pede a identificação de apenas uma pessoa. O real visitante se apresenta e o morador autoriza a liberação para entrar. 

É de suma importância que o porteiro colete os dados de todas as pessoas que chegarem à portaria para repassá-los ao morador para conferência. 

A administradora de condomínios é uma aliada para você!

Por fim, agora que você chegou até aqui, é importante mencionar que uma administradora de condomínios pode ajudar E MUITO com as demandas do seu condomínio e no seu dia-a-dia, especialmente se tratando de segurança. 

Aqui na Tecmóbili, nosso objetivo é claro: pôr fim na dor de cabeça dos síndicos, construtoras, incorporadoras e moradores. Dessa forma, conheça alguns dos nossos serviços disponíveis:

  • Malote online;
  • Pasta Virtual;
  • Assembleia virtual;
  • Equipe de especialistas sempre disponível;
  • Gestão de conflitos e muito mais!

Em outras palavras, oferecemos soluções digitais para garantir eficiência e praticidade para o seu dia-a-dia, além de outras vantagens. Entre em contato para conhecer outros benefícios.

Compartilhe:

linkedin tecmobili facebook tecmobili

Posts relacionados

Criado e Desenvolvido por: Agência Zíriga