whatsapp tecmobili
Home / Blog

Síndico morador ou Síndico profissional?

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS Escrito por:

Data: 30/09/2020

Se existe uma dúvida recorrente na gestão condominial, é: síndico morador x síndico profissional: qual é melhor para o seu condomínio? O que é mais vantajoso para o edifício? Neste artigo, te explicaremos as principais diferenças entre eles!

Síndico morador ou síndico profissional: o que é melhor?

Síndico morador ou síndico profissional? É importante saber as diferenças entre os dois para optar pelas características que melhor representam a gestão que você precisa:

Síndico profissional:

O síndico profissional é um prestador de serviços, ou seja, ele é remunerado pelo trabalho prestado. Ele é contratado para realizar toda e qualquer tarefa que envolva o bom funcionamento do condomínio e a sua gestão será imparcial.

A contratação do síndico profissional é respaldada pela Lei do Condomínio n° 4.591 de 1964, que permite a contratação para exercer essas atividades. Um fato comum entre os condôminos, é que eles não têm tempo, interesse ou experiência necessária para gerir o empreendimento, por este motivo, a figura deste profissional se torna tão importante.

Tamanho é o crescimento da profissão do síndico que, hoje em dia, existem diversos cursos de especialização de apoio a área. Alguns temas, são: Gestão condominial, Pessoal e Financeira; Administração; Inadimplência; Legislação; Controle Disciplinar;  Auditoria Contábil, entre outros assuntos. 

Síndico morador

O síndico morador, certamente, tem um custo menor na contratação. Normalmente, ele é alguém que se voluntaria para exercer esta função e é uma excelente opção para condomínios menores, que normalmente tem um orçamento reduzido. 

É importante que o síndico morador esteja presente no dia-a-dia do condomínio. A constância com os clientes, permite que o síndico resolva conflitos e outros problemas internos, além de estar por dentro das principais pautas do condomínio para resoluções ágeis, caso exista a necessidade.  

Principais diferenças e considerações

Agora que você entende as diferenças entre síndico morador e síndico profissional, é importante se atentar à alguns pontos importantes para a escolha. Um fato é óbvio: não estamos mais no tempo onde o síndico morador unia todos os conhecimentos que são necessários para fazer uma gestão e estava disponível 24 horas.

Um síndico precisa entender sobre leis, manutenção e finanças. Além disso, é importante que saiba lidar com as pessoas e resolver conflitos de forma pacífica. Essas características podem ser bastante difíceis de achar, mas não são impossíveis.

Do outro lado, o síndico profissional estudou e tem todos os conhecimentos técnicos necessários para fazer a gestão de um condomínio. Mesmo este, não está disponível 24 horas, afinal, sendo o síndico o prestador de serviços, ele vai atuar de acordo com as etapas acordadas em contrato. 

De forma simples, a decisão se baseia em dois fatos: o síndico morador vive no condomínio e conhece os moradores, mas, não tem todos os conhecimentos técnicos necessários para exercer a função. Já o síndico profissional, têm todos os conhecimentos necessários, mas a sua gestão será mais impessoal. O que você prefere?

Facilitando a escolha

Como você pode ver, o síndico tem diversas responsabilidades, seja ele um síndico morador ou profissional. Imagino que a sua maior dúvida, neste momento, é qual das opções escolher. Caro leitor, não existe uma resposta certa para esta questão! Ambos profissionais fazem uma excelente gestão para o condomínio, o que deve estar claro é: qual deles supre a necessidade do seu condomínio?

O que realmente faz a diferença na gestão de um condomínio são as capacidades da pessoa que assume a função, ou seja, o perfil do síndico. Esta pessoa precisa se planejar, estudar e acompanhar desde tendências à questões do dia-a-dia para buscar sempre o melhor para o condomínio. Além disso, a função de síndico equipara-se a de um administrador do condomínio, afinal, é ele que precisa garantir que as regras estabelecidas sejam cumpridas, além de mostrar uma gestão transparente e eficiente para os condôminos.

Se existe um síndico morador que se enquadre nas características mencionadas, seria interessante indicar esta pessoa para o cargo de síndico morador considerando o nível de pessoalidade que ele tem, uma vez que essa característica é muito importante para o síndico que quer estar próximo dos condôminos e participar do dia-a-dia de forma efetiva. Se essa função não gerar os resultados esperados, seria interessante contratar um síndico profissional.

A importância da administradora de condomínios

Agora que você já sabe quais são as responsabilidades de um síndico, que tal uma administradora de condomínios para flexibilizar e melhorar ainda mais a gestão?  Aqui na Tecmóbili, temos um time de especialistas que atua com todas as questões burocráticas, contábeis e jurídicas do condomínio. Trabalhamos ao lado do seu síndico, facilitando para que ele possa se dedicar a demandas que antes eram só ideias no papel. Atuamos com a busca contínua de encontrar soluções para facilitar a administração do seu condomínio, desburocratizando processos e atuando no desenvolvimento de processos administrativos. Entre em contato conosco e descubra as vantagens de fazer parte da nossa família.

Compartilhe:

linkedin tecmobili facebook tecmobili google tecmobili

Posts relacionados

Criado e Desenvolvido por: Agência Zíriga