whatsapp tecmobili
Home / Blog

Inadimplência no condomínio: saiba como evitar

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS Escrito por:

Data: 19/08/2020

Os salários dos profissionais que trabalham em condomínios comerciais ou residenciais dependem do pagamento de taxas e todas a variáveis que envolvem um condomínio, por este motivo, quando há inadimplência no condomínio, a gestão acaba sendo prejudicada além de afetar todo planejamento. Neste post, falamos sobre algumas dicas que podem ajudar a evitar a inadimplência e suas respectivas consequências.

Os impactos da crise

Segundo dados do Departamento de Economia e Estatística do Sindicato de Habitação (Secovi-SP) em um levantamento realizado ao lado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, a inadimplência em condomínios disparou em março. A falta de pagamento das taxas de condomínio deu um salto no número de ações judiciais, aumentando em 116,8%.

Além de desequilibrar as contas do prédio, a inadimplência dos condomínios começaram a impactar a receita das administradoras, por isso, ela deve ser prevenida ao máximo. Com a crise em decorrência do coronavírus, muitas pessoas passam por déficits constantes nos seus orçamentos. Essa questão envolve, diretamente, na capacidade de cumprir com as responsabilidades financeiras, incluindo despesas com o condomínio residencial ou comercial, além de outras contas que não param de chegar para os condôminos.

O que fazer para evitar a inadimplência?

A inadimplência em condomínio sobrecarrega outros condôminos ou funcionários e exige um jogo de cintura do síndico para que a habilidade de gerenciamento possa influenciar no cenário. Os desconfortos que surgem para quem está envolvido, podem ser prevenidos através de algumas medidas:

Analisar a redução de custos: 

A transparência é um critério importante para tratar as contas do condomínio e ela é um critério fundamental para justificar os gastos do orçamento. Em alguns cenários, é possível realizar alguns cortes em busca de alternativas mais viáveis para o mercado ou estimular nos condôminos a necessidade de economizar em algumas questões através de campanhas. É o caso do incentivo em economizar na luz, água e gás, entre outras variáveis.  

Que tal enviar lembretes?

Atualmente, temos disponíveis várias opções de comunicação. Essa variedade pode ser de grande utilidade para falar com os seus condôminos em canais de fácil acesso. SMS, e-mails ou o próprio WhatsApp podem ser utilizados para informar aos condôminos sobre datas corretas de pagamento, boleto disponível para pagamento ou data do pagamento se aproximando.

A antecedência da cobrança pode influenciar para o pagamento em dia. Muitos casos de inadimplência estão relacionados a falta de planejamento para realizar um pagamento, o que acarreta em deixar a data cair no esquecimento ou, simplesmente, o esquecimento do débito em questão. Quem nunca esqueceu um boleto ou deixou de verificar sua caixa de correspondência, né?! Por isso, é importante que o condomínio adote essas medidas para que seus clientes recebam as datas e tenham ciência de um prazo hábil para o pagamento. 

Já pensou em facilitar as formas de pagamento?

A 2ª via de boleto e outras formas de pagamento são importantes para o condômino, neste cenário, a tecnologia precisa ser utilizada a favor! Disponibilizar o envio de boleto por e-mail, site, aplicativo ou área do usuário, são opções para facilitar a obtenção do débito, por outro lado, existem apps que facilitam o pagamento e integram esses pontos à gestão do condomínio, avisando questões sobre como obter o acesso dos boletos ou lembretes de pagamento.

Juros e multas são viáveis para a inadimplência

De acordo com o Código Civil, o condomínio em sua convenção tem a liberdade de estabelecer quais são as suas regras de cobranças e multas do estabelecimento. De acordo com o novo Código Civil, existe a possibilidade de cobrar uma multa que represente até 2% sobre o valor da dívida e juros de 1% ao mês.

O Art. 1336 § 1° diz que, o condômino que não pagar a sua contribuição, ficará sujeito aos juros moratórios convencionados ou, não sendo previstos os de 1% ao mês e multa de até 2% sobre o débito pendente. O mesmo artigo permite ao condômino inadimplente a possibilidade de pagar até 5 vezes o valor da dívida em aberto, considerando gravidade e recorrência do caso.

Como você trabalha os descontos da dívida?

O pagamento de boletos, antes da data de vencimento, é uma das condições adotadas por condomínios para aplicarem um pequeno desconto ao pagar a dívida. Além de estimular que os condôminos realizem o pagamento da conta antecipadamente, essa medida contribui para diminuir o número de inadimplentes. Para que isso aconteça construtiva para o condomínio, é importante que as contas e todo o orçamento financeiro do condomínio esteja bem estruturado, analisando quais porcentagens de descontos podem ser aplicadas para serem, de fato, efetivas.

Tenha um bom sistema de gestão!

São muitas coisas que precisam de atenção, não é? Por isso, um bom sistema de gestão é fundamental para controlar o nível de inadimplência no condomínio. Através do sistema, é possível entender quais moradores estão em dia com os seus débitos e quem não consegue realizar seus pagamentos.

 A Tecmóbili não permite que a data de pagamento caia no esquecimento! Nossos serviços digitais atendem essa necessidade e oferecem garantias para que os pagamentos estejam sempre em dia. O envio automático de boletos por e-mail, consulta e impressão dos boletos de cotas em aberto, lembrete de pagamento da taxa condominial e notificação de cota em aberto automatizada são algumas opções que trabalhamos para limar questões relacionadas a inadimplência no condomínio. 

Esperamos que esse artigo seja útil! Caso queira saber mais sobre como nossos serviços podem ajudar a sua administração é só entrar entrar em contato conosco para conhecer outras opções para o seu condomínio. 

Compartilhe:

linkedin tecmobili facebook tecmobili google tecmobili

Posts relacionados

Criado e Desenvolvido por: Agência Zíriga