A Tecmóbili usa cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar
em "ok, prosseguir" você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Detalhes

whatsapp tecmobili
Home / Blog

Como se tornar síndico no seu condomínio?

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS Escrito por:

Data: 02/06/2021

Se tornar síndico no seu condomínio é uma tarefa que exige tempo e dedicação. Neste artigo, nós te mostramos exatamente quais passos seguir para que você saiba como se tornar síndico no seu condomínio e arrasar na sua contratação. 

A importância do síndico

Em primeiro lugar, o cargo de síndico é uma das funções mais importantes dentro de um condomínio. Logo, quando ocorre a troca de síndico no condomínio, o assunto sempre se torna algo complexo e delicado.

Mas, para que essa troca de bastão aconteça com tranquilidade, é importante deixar bem claro as instafistações com o cargo e o que é, de fato, responsabilidade do síndico. 

Pensando nisso, quando a eleição do síndico se aproxima, é importante consultar o artigo n°1314 do Código Civil para conferir quais são as diretrizes que regulamentam o tema e planejar certinho as etapas da sua campanha para concorrer ao cargo.

Como se tornar síndico e quais as responsabilidades?

Todavia, antes de te explicarmos como criar uma boa campanha para se tornar síndico, é importante que fique bem claro quais são as responsabilidades de um síndico. Veja algumas delas:

  1. Prestação de contas mensal;
  2. Conhecimento sobre administração, contabilidade, recursos humanos, finanças e outras questões jurídicas;
  3. Inteligência emocional para resolver conflitos – a Comunicação Não-Violenta pode ajudar;
  4. Imparcialidade e comunicação clara para manter um diálogo saudável e aberto com os condôminos e tomar medidas que melhorarem o dia-a-dia;
  5. Organização para gerir as demandas do condomínio com qualidade;
  6. Disciplina para manter regularizada toda a documentação do condomínio e evitar problemas na gestão futura;
  7. Autonomia para trabalhar de forma independente.

Por fim, a contratação de uma boa administradora de condomínios pode ajudar a lidar com demandas jurídicas e trabalhistas, por exemplo, além de cumprir com outras obrigações legais.

Isso permite com que o síndico possa se dedicar a demandas que precisam de mais atenção e focar, realmente, no bem estar e qualidade de vida dos condôminos. 

Leia também: Síndico morador ou síndico profissional?

No radar: tópicos que não podem faltar na sua campanha

Sobretudo, agora que você já sabe quais são as responsabilidades de um síndico, é importante manter uma boa dinâmica na hora de se apresentar para, possivelmente, se tornar o síndico do seu condomínio. 

Essa apresentação, por sua vez, tem como objetivo deixar claro quais são as suas metas para o condomínio. Pensando nisso, é importante falar sobre plano de continuidade, novas ideias e uma série de outras questões. 

Continue lendo e veja, a seguir, como se preparar a sua apresentação:

Deixe claro as suas propostas

Em primeiro lugar, quem se candidata a vaga de síndico tem cerca de um mês para se programar para assembleia de votação. Ou seja, existe tempo suficiente para convocar as partes interessadas e alinhar os objetivos.

Para começar a sua proposta, crie um documento com algumas questões que tem a ver com a sua estratégia, veja os exemplos a seguir:

  1. Quais aspectos da atual gestão você dará continuidade?
  2. Quais são as ações que você pretende implementar para melhorar a qualidade de vida dos condôminos?

Faça uma boa apresentação da sua candidatura a síndico

Acima de tudo, é importante fazer uma apresentação cordial ao seu respeito. Sem muita enrolação, informe o número do seu apartamento – caso seja morador – e conte um pouco sobre a sua profissão e a quanto tempo mora no condomínio.

Caso você seja autônomo, explique como funciona a sua forma de atuação: existe alguma empresa ou profissionais envolvidos?

Aborde, inclusive, quais são as razões que te levaram a se candidatar para a vaga e como você pretende lidar com a gestão financeira: como vão ser utilizados os recursos? Como vai funcionar o gerenciamento dos funcionários do condomínio? 

Por fim, não esqueça: quais são as suas principais competências e o que é indispensável para um convívio saudável no condomínio?

Esteja disposto a ajudar, ganhando ou não a vaga.

Por fim, mesmo antes da assembleia decisiva, prepare o seu discurso da vitória. Após a votação, é normal que exista um clima peculiar de qualquer disputa. Portanto, deixar o seu discurso para o improviso pode não soar tão bem. 

Caso você seja eleito, agradeça a confiança de todos e a oportunidade de poder atuar para o melhor do condomínio. Não se esqueça, inclusive, de valorizar a participação dos oponentes. 

Além disso, caso você não seja o eleito, é importante manter a compostura. Mostre, por exemplo, a vontade de auxiliar em uma próxima gestão e se mostre à disposição para ajudar.

A administradora de condomínios é uma aliada para você!

Por fim, agora que você chegou até aqui, já deve ter percebido que uma administradora de condomínios pode ajudar E MUITO com as demandas do seu condomínio.

Aqui na Tecmóbili, nosso objetivo é claro: pôr fim na dor de cabeça dos síndicos, construtoras, incorporadoras e moradores. Conheça alguns benefícios da nossa contratação: 

  1. O seu síndico não precisa mais se preocupar com a parte burocrática. É hora de se dedicar a outras atividades;
  2. A administradora de condomínios é responsável pelo atendimento das obrigações legais, como por exemplo, o recolhimento de impostos;
  3. A taxa de inadimplência diminui tendo em vista a qualidade da cobrança da nossa equipe financeira;
  4. Menor risco de ações judiciais, uma vez que temos um time qualificado para resolver as possíveis dificuldades;
  5. Consultoria jurídica disponível.

Em outras palavras, oferecemos soluções digitais para garantir eficiência e praticidade para o seu dia-a-dia, além de outras vantagens. Entre em contato para conhecer outros benefícios!

Compartilhe:

linkedin tecmobili facebook tecmobili

Posts relacionados

Criado e Desenvolvido por: Agência Zíriga