A Tecmóbili usa cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar
em "ok, prosseguir" você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Detalhes

whatsapp tecmobili
Home / Blog

Autogestão no condomínio: conheça os riscos

VOLTAR PARA TODOS OS POSTS Escrito por:

Data: 31/05/2021

A autogestão no condomínio envolve uma série de riscos que é importante ter conhecimento antes de tomar essa decisão. Quer saber mais? Continue lendo e entenda os prós e contras do tema. 

O que é a autogestão?

Hoje em dia, administrar um condomínio é uma tarefa que envolve uma série de questões. Atividades relacionadas aos setores jurídico, contábil e recursos humanos, por exemplo, envolvem necessidades específicas que precisam de atenção.

Ao decorrer dos anos, as leis mudaram e a forma de administrar um condomínio também mudou. Além disso, existem questões tributárias, financeiras e administrativas que não existiam antes para acompanhar essas mudanças. 

Ou seja, existem muitas questões técnicas que precisam de profissionais qualificados para evitar possíveis problemas. 

Em outras palavras, deixar a administração de um condomínio sob a responsabilidade apenas de uma pessoa é uma grande responsabilidade, especialmente quando essa pessoa não possui o conhecimento técnico necessário. 

A autogestão no condomínio pode ser a forma menos eficaz de gerir um condomínio, continue lendo e entenda porque os condomínios escolhem a autogestão e quais os perigos dessa atuação.

Perigos da autogestão no condomínio

Primeiramente, para entendermos melhor os perigos da autogestão é importante considerar todas as questões financeiras, tributárias, administrativas, jurídicas e de recursos humanos. 

Essas questões são responsabilidades do síndico que, além de entender sobre os temas, precisa pagar a folha de funcionários, tributos, prestação de contas e cumprir com as obrigações legais.

Além disso, o síndico também soluciona conflitos entre os condôminos a fim de garantir harmonia no condomínio, principalmente para cumprir com as exigências de acessibilidade e segurança do trabalho.

Agora que você sabe disso tudo, concorda que é muita responsabilidade para uma pessoa só?

No entanto, todas essas questões podem ser facilmente resolvidas através de sistemas de gestão condominial e uma pessoa com conhecimentos reais sobre a gestão do condomínio

Sistemas assim são uma ótima alternativa, especialmente com uma administradora de condomínios dando suporte, afinal, ela tem o conhecimento de todas as necessidades de um condomínio. 

Principais riscos da autogestão no condomínio

  1. Falta de conhecimento do síndico sobre questões contábeis, jurídicas, etc;
  2. Aplicação de soluções inviáveis para assuntos técnicos e legais (como reformas, utilização das áreas comuns, etc);
  3. Desistência do grupo de apoio/conselheiros do condomínio, deixando o síndico na mão com suas obrigações;
  4. Quando o assunto é economia, contadores e advogados precisam ser acionados. 

Leia também: 05 dicas para contratar uma administradora de condomínios

O síndico e a autogestão

Sobretudo, o síndico precisa ser uma pessoa imparcial no condomínio para agir visando o que é correto e está na lei. 

Isso significa que o síndico não deve se envolver emocionalmente para tomar alguma decisão, especialmente diante da convivência com outros condôminos.

O fácil acesso e comunicação precisam ser características do síndico, afinal, ele existe para garantir que as regras sejam cumpridas, não para tomar partido de algum morador.

A inadimplência é, sem dúvidas, um assunto delicado para o síndico. Cobrar os condôminos inadimplentes soa como uma tarefa desagradável, especialmente se o síndico convive com os moradores. 

Portanto, a cobrança é mais assertiva quando é feita por alguém que não tem um relacionamento com o devedor.

E ainda quando o assunto é cobrança, o síndico pode realizá-la contanto que seja extrajudicial. Para a cobrança judicial, é necessário contratar um advogado. 

A administradora de condomínios é uma aliada para você!

Por fim, agora que você chegou até aqui, já deve ter percebido como uma administradora de condomínios pode ajudar na gestão do condomínio. 

Aqui na Tecmóbili, nosso objetivo é claro: pôr fim na dor de cabeça dos síndicos, construtoras, incorporadoras e moradores.

Em outras palavras, aqui na Tecmóbili, você encontra toda a assessoria necessária para encontrar um condomínio perfeito para você. Conheça alguns benefícios da nossa contratação: 

  1. O seu síndico não precisa mais se preocupar com a parte burocrática. É hora de se dedicar a outras atividades;
  2. A administradora de condomínios é responsável pelo atendimento das obrigações legais, como por exemplo, o recolhimento de impostos;
  3. A taxa de inadimplência diminui tendo em vista a qualidade da cobrança da nossa equipe financeira;
  4. Menor risco de ações judiciais, uma vez que temos um time qualificado para resolver as possíveis dificuldades;
  5. Consultoria jurídica disponível.

Em outras palavras, oferecemos soluções digitais para garantir eficiência e praticidade para o seu dia-a-dia, além de outras vantagens. Conheça alguns dos nossos serviços: 

  • Malote online;
  • Pasta Virtual;
  • Assembleia virtual;
  • Equipe de especialistas;
  • Soluções personalizadas;
  • Aplicativo e muito mais!

Por fim, agora que você chegou até aqui, que tal entrar em contato para conhecer outros benefícios? Estamos ansiosos pelo seu contato!

Compartilhe:

linkedin tecmobili facebook tecmobili

Posts relacionados

Criado e Desenvolvido por: Agência Zíriga